Da redação
Do Mais Brasília

Após “enaltecer” Lázaro nas redes sociais, homem é morto no Maranhão

Segundo a Polícia Civil, o jovem tentou atacar agentes quando foi visto com um senhor de 90 anos

O caso de Lázaro Barbosa gera consequências até em outros estados do Brasil, pois a Polícia Civil de Presidente Dutra, município no Maranhão, recebeu denúncias de que um homem teria feito postagens nas redes que exaltavam os crimes do maníaco. Este domingo (20/6) é o 12º dia de buscas em Cocalzinho (GO).

De acordo com a delegacia da cidade, Hamilton Cesar Lima Bandeira, que morava no Povoado Calumbi, foi morto em casa após atacar policiais no local.

Ele teria feito postagens com facas, que insinuavam uma intenção de cometer ataques iguais aos de Lázaro. Diante disso, a polícia foi até a casa do rapaz, que estava acompanhado apenas de um senhor de 90 anos.

Depois que ele reagiu à abordagem policial, acabou baleado e, embora tenha sido encaminhado a um hospital da região, não resistiu aos ferimentos.

Confira a nota da Polícia Civil na íntegra: