FolhaPress

Após 10 dias de apagão, CNPq restabelece acesso parcial à plataforma Lattes

Neste momento, não é possível fazer atualizações dos currículos

Foto: Reprodução/CNPq

Após dez dias de um apagão, o governo Jair Bolsonaro restabeleceu na noite desta terça-feira (3) o acesso parcial à plataforma Lattes. Já está disponível a consulta aos currículos dos pesquisadores, mas o funcionamento do sistema ainda não voltou ao normal.

Não é possível, neste momento, fazer atualizações dos currículos, mas está disponível a opção de impressão e download, informou o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), responsável pelo sistema.

“O trabalho de restauração dos acessos ainda está em andamento, incluindo novas atualizações da base de dados, que serão feitas nos próximos dias, incluindo, nos currículos, as fotos e o número de citações”, diz nota do órgão.

Uma falha na área de tecnologia deixou os dois sistemas fora do ar desde o dia 23 do mês passado. O CNPq havia prometido restabelecer tudo na segunda-feira (2), mas houve atrasos.

A base de dados conta com atualizações feitas até as 18h do dia 23 de julho. Já a plataforma Carlos Chagas, também do CNPq, ainda não foi restabelecida.
De acordo com o CNPq, os acessos devem ocorrer por meio do acesso direto ao currículo a partir do ID Lattes (escrevendo, no campo de endereço do navegador “lattes.cnpq.br/[número do ID]”) e por meio de busca textual pelo endereço: buscatextual.cnpq.br/buscatextual.

O apagão dos sistemas, segundo informação oficial, foi provocado pela queima de um dispositivo num equipamento que tem a função de controlar os servidores onde as plataformas ficam hospedadas. Isso teria ocorrido durante a migração dos dados para um novo servidor.

Em email obtido pela reportagem, um funcionário do CNPq relatou, no último dia 26, que o principal servidor do conselho fora atingido e que o equipamento estaria fora da garantia e sem contrato de manutenção. Isso impediria um reparo imediato e traria a necessidade de contratação de empresa externa, como de fato ocorreu.

Questionado pelo jornal Folha de S.Paulo, o CNPq e o Ministério da Ciência não responderam sobre a operação estar sem garantia e manutenção.

Lattes é um banco de dados com todos os currículos de pesquisadores, e ações como a aprovação de bolsas dependem da consulta à plataforma. Já pela Carlos Chagas é que se operacionalizam chamadas públicas e editais de fomento à pesquisa, gestão e pagamento de bolsas.

Texto: Paulo Saldana