Do Mais Brasília

Atenção motorista! Você sabe como dirigir em época de chuva?

Veja as recomendações da PRF para maior segurança no trânsito

Foto: PRF

Dirigir em tempo chuvoso é uma adversidade, seja pela visibilidade reduzida ou pela dificuldade de dirigibilidade. Por isso é importante que o motorista seja precavido e já tenha em mente que o seu comportamento deve ser diferenciado neste caso.

Das condições do veículo: Mantenha revisão do veículo em dia

– Os pneus devem estar com sulcos suficientes para evitar acúmulo de água entre eles e o solo (aquaplanagem). Pneus lisos (carecas) não garantem a aderência necessária em caso de frenagem, principalmente em pista molhada. A falta de calibragem também contribui para acidentes. O pneu estepe deve estar em condições de utilização.

– O sistema de freios deve estar com revisão em dia. O estado das pastilhas e dos discos de freios, e o perfeito funcionamento do conjunto devem ser verificados antes de dirigir.

– As áreas envidraçadas devem permitir a melhor visibilidade possível. Por isso, limpadores e lavadores de para-brisa devem estar em plenas condições de uso. O sistema de ar condicionado e ventilação também são necessários, pois evitam o embaçamento dos vidros.

– Verificar todas as luzes do veículo: Faróis, luzes de posição e lanternas traseiras devem estar funcionando. Veículos sem a devida sinalização e a chuva intensa, podem se tornar invisíveis para outros motoristas.

Ações dos motoristas: Agir preventivamente e com cautela é o mais recomendado, principalmente sob chuva.

Os motoristas devem se atentar para:

– Manter a distância de segurança dos outros veículos ou pedestres é essencial para evitar acidentes. Em pistas molhadas o freio não funciona como na pista seca, então a distância deve ser maior para um tempo de frenagem razoável. Cuidado redobrado nas Rodovias, em que a velocidade costuma ser maior .

– A velocidade deve ser abaixo da permitida, pois a velocidade estipulada é estabelecida em pista seca. Também a redução da velocidade deve ser gradual, pois freadas repentinas podem fazer com que o carro derrape e o motorista pode perder o controle do veículo.

– Utilizar faróis baixos para que outros motoristas o vejam. Evitar faróis altos, para não ofuscar outros motoristas, e evitar pisca alerta (luz intermitente) quando o veículo estiver em locomoção, pois pode dar a falsa impressão que o veículo está parado.

– Se precisar parar, faça em local seguro, como em um posto de combustível ou em um estacionamento. A pista de rolamento e o acostamento não são locais recomendáveis.

– Em caso de aquaplanagem, mantenha o volante em linha reta e evite pisar no freio de forma abrupta. Tire o pé do acelerador e tente retomar o controle do veículo.