FolhaPress

Cidade de São Paulo tem recorde de frio com mínima de 5,4°C

O recorde anterior foi no dia 30 de junho, quando foi registrado a mínima média de 5,7°C na cidade, e menor absoluta de 0,1°C também em Marsilac

A cidade de São Paulo registrou recorde de frio na madrugada desta terça-feira (20), com mínima média de 5,4°C, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas). A menor temperatura absoluta foi registrada em Marsilac, no extremo sul da capital, com -2,3°C.

O recorde anterior foi no dia 30 de junho, quando foi registrado a mínima média de 5,7°C na cidade, e menor absoluta de 0,1°C também em Marsilac.

Segundo o CGE, a terça-feira terá sol e céu claro com poucas nuvens. Porém, o ar frio e seco de origem polar com vento vai proporcionar um dia com sensação de frio para o paulistano. A temperatura máxima prevista é de 18°C e índices de umidade do ar com valores mínimos em torno dos 27% a abaixo dos 20% em algumas regiões.

“Essa condição meteorológica de céu claro na madrugada com vento calmo e temperaturas baixas é ideal para que haja a formação de geada na capital, bem como em algumas cidades do estado paulista, lembrando que este fenômeno é comum nessa época do ano”, diz a nota do CGE.

A previsão para o restante da semana é de tempo estável e frio devido ao predomínio da massa de ar frio e seco de origem polar. As madrugadas seguem geladas, inclusive com potencial para formação de geada entre a madrugada e o amanhecer, principalmente nas regiões mais afastadas do centro expandido e nos municípios vizinhos da capital. As tardes devem registrar baixos índices de umidade do ar, próximos ou abaixo dos 30%.

Nesta quarta-feira (21), a previsão é de uma madrugada gelada, com termômetros em torno dos 7°C, segundo o CGE. No decorrer do dia o predomínio será de sol entre poucas nuvens, o que ameniza um pouco a sensação de frio. A máxima atinge os 22°C enquanto os percentuais mínimos de umidade do ar sem mantêm ao redor dos 30% a ligeiramente abaixo.