FolhaPress

Doria libera funcionamento de comércio e serviços até as 23h

A taxa de ocupação nas UTIs dedicadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 segue em queda no estado de São Paulo

João Doria
Reprodução

O governador João Doria (PSDB) anunciou a ampliação do funcionamento do comércio em São Paulo a partir desta sexta-feira (9/7). Os estabelecimentos poderão funcionar com até 60% da capacidade e até as 23h.

Também anunciou a autorização do retorno das aulas presenciais no ensino superior a partir de 2 de agosto. Anteriormente, as faculdade e universidades só podiam reabrir para até 35% dos alunos na fase amarela do Plano São Paulo.

Segundo Doria, o estado continua na fase de transição até 15 de julho. Até então, nessa fase, comércio e serviços só podiam funcionar até as 21h e lotação máxima de 40%. Além disso, há toque de recolher entre as 21h e 5h.

A partir desta sexta, bares, restaurantes, comércios e serviços poderão funcionar por mais duas horas e com até 60% da capacidade.

A fase de transição vigora no estado desde 18 de abril e vem sendo prorrogada pela gestão Doria.

A taxa de ocupação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) dedicadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 segue diminuindo no estado de São Paulo, enquanto o índice de isolamento social permanece estável, segundo dados do governo paulista.

A lotação das UTIs está em 70,9% nesta terça no estado, e era de 75,4% há uma semana. Há 15 dias, esse número era de 78,9%.