FolhaPress

Homem fica ferido após ataque de tubarão em praia de Pernambuco

Este é o segundo ataque de tubarão registrado em Pernambuco neste mês

Um homem de 32 anos foi resgatado neste domingo (25) na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife, após ter sido vítima de um ataque de tubarão.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, o incidente ocorreu por volta das 12h20 em águas rasas. Ele foi resgatado por equipes de salva-vidas com uma lesão na parte posterior da coxa esquerda e nos glúteos.

Os guarda-vidas realizaram a contenção da hemorragia, prevenção de hipotermia e ministraram oxigênio à vítima. Socorrido por uma ambulância, o homem foi levado para o Hospital da Aeronáutica, em Jaboatão.

Depois de estabilizado, foi transferido para o Hospital da Restauração no Recife, onde deu entrada por volta das 14h. De acordo com a assessoria do hospital, ele está sendo reavaliado e será encaminhado para o centro cirúrgico.

Este é o segundo ataque de tubarão registrado em Pernambuco neste mês. No dia 10 de junho, Marcelo Rocha Santos, 51, morreu após ser atacado por um tubarão no mesmo ponto da praia de Piedade. Com ferimentos nas mãos e na coxa, ele chegou a ser levado para um hospital, mas morreu.

Com o segundo incidente registrado em julho, deve subir para 67 o número de casos de ataques de tubarão registrados em Pernambuco pelo Cemit (Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões) desde 1992.

Estudos realizados na UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco) atribuem a presença de tubarões na orla pernambucana, entre outros fatores, a alterações ambientais provocadas pela construção do porto de Suape, em Cabo de Santo Agostinho.

Um canal profundo que acompanha o contorno do litoral facilita o deslocamento dos animais próximo às praias. Diversas espécies de tubarões foram identificadas no estado, mas a maioria dos ataques é atribuída às espécies tigre e cabeça-chata, consideradas as mais agressivas no mundo.