Altemar Santos
Do Mais Brasília

Manifestantes são detidos com cartazes ‘Bolsonaro Genocida’ em frente ao Planalto

Alguns dos integrantes do grupo são militantes do Partido dos Trabalhadores (PT)

(Foto: Reprodução)

Ao menos quatro manifestantes foram detidos no começo da tarde desta quinta-feira, 18. Segundo parlamentares do PT e do PCdoB, eles foram levados à sede da Superintendência da Polícia Federal em Brasília após estenderam uma faixa com os dizeres “Bolsonaro Genocida” em frente ao Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios.

A faixa mostra também uma caricatura do presidente Jair Bolsonaro com rabo e chifres, transformando uma cruz vermelha – símbolo da saúde – em uma suástica nazista.

Alguns dos integrantes do grupo são militantes do PT. Os deputados federais petistas Natália Bonavides (RN) e Alencar Santana Braga (SP) disseram que estão a caminho do local.

Ao Estadão, Bonavides afirmou que os militantes foram enquadrados na Lei de Segurança Nacional (LSN), motivo pelo qual teriam sido levados à Polícia Federal, e não para uma delegacia da Polícia Civil do DF.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) também afirmou que eles foram enquadrados na mesma lei. “Quatro manifestantes foram PRESOS na Esplanada após abrir uma faixa chamando o genocida Bolsonaro de genocida!!! Enquadrados na Lei de Segurança Nacional!”, postou a parlamentar.