Do Mais Brasília

Agendou e não foi tomar a vacina da Covid-19? Saiba o que fazer

Secretaria de Saúde orienta quem perdeu a data sobre como proceder. Campanha no DF continua com mais 49.900 doses recebidas

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

No combate à Covid-19, cada detalhe é  importante. Então, se você fez o agendamento e não pôde comparecer ao posto na data marcada, siga as orientações divulgadas pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Em primeiro lugar, caso o atraso não seja maior que dez dias após o dia marcado, por qualquer que seja o motivo, a pessoa ainda pode comparecer ao local de vacinação para receber o imunizante.

Se o prazo passar de dez dias, aí o cidadão precisa ir até o posto para o qual tinha agendado a vacinação e apresentar atestado médico, comprovante de viagem ou outro documento que justifique o motivo de não ter ido no dia combinado.

No entanto, se houver erro do cadastro no sistema de agendamento, o usuário deve dirigir-se à unidade para fazer a correção do cadastro. Se for um erro no preenchimento dos dados, o usuário tem a opção de corrigir no próprio site. Ao acessar, basta clicar no botão “alterar o cadastro de comorbidade”.

 

Nova remessa

O Distrito Federal deve receber, nesta semana, 23,5 mil doses da vacina da Fiocruz e 26,4 mil do Instituto Butantan, num total de 49,9 mil doses, pelo Programa Nacional de Imunizações. O Ministério da Saúde não detalhou a data exata na qual enviará os imunizantes aos estados.

A nova distribuição visa à segunda dose de trabalhadores da saúde, idosos entre 65 e 69 anos e entre 85 e 89 anos, povos indígenas, ribeirinhos e quilombolas, e para continuidade do esquema vacinal de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente.

Quem tem entre 50 e 54 anos e possui comorbidades já pode fazer seu agendamento, mediante já possuir cadastro.