Do Mais Brasília

App de transporte exclusivo para mulheres e crianças inicia operação no DF

Início das atividades será a partir da próxima segunda-feira (17/1). Serviço já opera em São Paulo desde 2018

Foto: Divulgação

A Lady Driver, aplicativo de transporte exclusivo para mulheres e crianças, vai iniciar suas corridas no Distrito Federal. O início das atividades será a partir da próxima segunda-feira (17/1).

O principal foco do aplicativo, que já opera em São Paulo desde 2018, com expansão para mais de 70 cidades, é a segurança e comodidade para motoristas e passageiras que utilizam aplicativos para se locomover no dia a dia.

Segundo a Lady Driver, o serviço segue procedimentos rigorosos de segurança no cadastramento de passageiras e motoristas, por meio da checagem de CPF. Caso não seja real, o cadastro não é aceito pela plataforma.

A embaixadora e sócia do aplicativo em Brasília, Bruna Ribeiro, destaca que a Lady Driver é a segurança e a comodidade das mulheres. “O aplicativo oferece para o público feminino uma liberdade e uma segurança que é buscada todos os dias”.

Elin Tokarski, também embaixadora e sócia da Lady Driver Brasília, acrescenta que, com a chegada da plataforma no DF, inúmeras mulheres serão inseridas no mercado de trabalho.

“Para as mulheres que buscam uma nova oportunidade de emprego, além de oferecer mais segurança, a Lady Driver tem alguns diferenciais em relação a outros aplicativos, como por exemplo de remunerar a motorista pelo trajeto de quando a chamada é aceita até o embarque da passageira, a possibilidade de ganhos 50% maiores trabalhando com agendamento, dentre outros”, explica Elin.

Preço por corrida

O aplicativo tem como pilar principal o serviço de agendamento. O formato busca garantir o atendimento da viagem solicitada pela passageira, além de proporcionar para a motorista um faturamento adequado, previsível e constante.

Outras vantagens do agendamento é a possibilidade de ganhos em média 50% mais altos do que no modelo sob demanda. Além disso, possibilita a motorista preparar a agenda com antecedência, sem precisar ficar rodando na cidade atrás de chamadas, podendo, ainda, saber antecipadamente quanto irá receber. Elas terão acesso via chat e ligação com a passageira para organizar todos os detalhes de embarque e de desembarque.

Nas viagens sob demanda, o valor cobrado por quilômetro, do embarque ao desembarque, é de R$1,74 para a passageira, sendo R$1,31 repassado para a motorista. Já o valor cobrado por minuto, do embarque ao desembarque, é de R$0,24 para a passageira, sendo R$0,18 repassado para a motorista. A plataforma também remunera até os primeiros 3 quilômetros e 10 minutos que a motorista utiliza para buscar a passageira.

Como se tornar uma motorista Lady Driver?

Para se tornar motorista no aplicativo, basta a interessada baixar o aplicativo Lady Driver, disponível para Android.

É necessário ter CNH com observação de que exerce atividade remunerada; o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV); e o carro deve estar dentro do padrão exigido pela Lady Driver e pela legislação local: no máximo 8 anos de fabricação, 4 portas, ar condicionado, IPVA e licenciamento em dia. Além disso, a motorista deve ter conta bancária e comprovante de residência.

Passageira Lady Driver

O aplicativo para passageiras está disponível na App Store (IOS) e Google Play (Android).