Do Mais Brasília

Aves criadas ilegalmente são resgatadas pela PMDF em três regiões do DF

Operação ocorreu nessa quarta-feira (24/11), no Riacho Fundo II, Samambaia e São Sebastião

Foto: Divulgação/PMDF

Policiais militares do Grupamento de Operações no Cerrado (GOC/BPMA) realizaram, nessa quarta-feira (24/11), o resgate de aves criadas irregularmente no Riacho Fundo II, Samambaia e São Sebastião.

Durante a manhã, por volta das 10h30, militares apreenderam pássaros silvestres criados em cativeiro clandestino, na QN 33 do Riacho Fundo II. No local os policiais foram recebidos por um senhor que autorizou a entrada dos policiais, que perceberam a presença de gaiolas com uma ave chamada de “sanhaço-do-coqueiro” e dois pássaros “xexéu”.

De acordo com a PMDF, essas aves não possuíam licença, permissão ou autorização do órgão competente para serem criadas em cativeiro. Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, foi oferecido ao homem o Termo Circunstanciado que foi assinado por ele, se comprometendo a se apresentar à justiça assim que for convocado.

Também ocorreram operações nas cidades de Samambaia e São Sebastião que resultaram na apreensão de mais aves silvestres criadas irregularmente. Ao final da operação dessa quarta (23/11) foram resgatados 14 Canários-da-terra; um Golinho; um Sanhaço-do-Coqueiro; dois Xexéu; e dois Azulão. Ao todo, a corporação totalizou 25 animais.

As aves apreendidas foram levadas para o Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (CETAS), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Aves Foto: Divulgação/PMDF
Aves Foto: Divulgação/PMDF