Do Mais Brasília

Caesb concede desconto de 20% aos clientes que reduziram consumo de água

Benefício chegará a 518 mil usuários que, juntos, economizaram quase R$ 12 milhões entre 2019 e 2020

Caesb
Fachada da CAESB. Foto: Acacio Pinheiro/ Agência Brasília

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) concederá, a partir de junho, o benefício de 20% aos clientes que reduziram o consumo de água, entre 2019 e 2020, após apurado a despesa mês a mês.

Os consumidores que têm direito ao bônus já receberam o comunicado juntamente com a fatura deste mês. Este é o 11º ano consecutivo em que a Caesb atende à Lei Distrital nº 4.341/2009, e à Resolução nº 06/2010, da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa).

Segundo o superintendente de comercialização da Companhia, Diego Rezende, a Caesb vai devolver R$ 11.841.826,57 a 518 mil clientes, a partir de junho. “No ano passado, o bônus concedido aos usuários foi de R$ 8 milhões. Se compararmos com a devolução deste ano, podemos identificar que os usuários têm adotado práticas racionais do uso da água, e isso contribui na preservação deste recurso finito”, reforça.

Desde setembro de 2009, no verso da fatura, a companhia encaminha informações da legislação que dispõe sobre o incentivo à redução do consumo de água no DF. O período de apuração do bônus-desconto para este ano é de janeiro de 2019 a dezembro de 2020. O bônus será concedido conforme o valor que o cliente tem direito a receber.

Como funciona o cálculo

No mês de maio, a Caesb envia ao titular da conta que reduziu seu consumo um demonstrativo contendo as informações:

  • Volume economizado em metros cúbicos no período de apuração;
  • Volume básico de cálculo do bônus-desconto em metros cúbicos;
  • Tarifa inicial da categoria, em reais, por metro cúbico vigente na data;
  • Valor do bônus-desconto em reais e a forma de concessão do bônus.

O valor será calculado multiplicando a tarifa inicial da categoria em que o usuário está enquadrado por 20% do somatório dos volumes mensais economizados no período de 12 meses de apuração.

Dicas de uso racional da água

Neste período de estiagem, o objetivo da companhia da Caesb é alertar e sensibilizar a população para o consumo racional da água. Além disso, combater o desperdício também é uma prática que deve ser sempre observada.

A contribuição de cada pessoa para o uso racional e consciente da água pode ir além de diminuir o tempo no banho, fechar corretamente a torneira após o uso e usar vassoura em vez da mangueira quando for limpar. O reuso de água da chuva ou da máquina de lavar são boas opções e auxiliam a economizar.

Confira no site da Caesb o material educativo para o uso racional e também acompanhe, no Instagram da companhia, as dicas para preservar este recurso tão precioso.