Cruzamento entre o Pátio Brasil e o Setor Hoteleiro Sul é liberado nesta sexta (10) – Mais Brasília
Do Mais Brasília

Cruzamento entre o Pátio Brasil e o Setor Hoteleiro Sul é liberado nesta sexta (10)

Pistas estavam interditadas desde março; obras foram aceleradas com a ampliação da jornada dos trabalhadores em dias específicos

Foto: Agência Brasília

A partir desta sexta-feira (10), o cruzamento entre as Vias S2 e W3 Sul, na altura do Pátio Brasil Shopping, será liberado para os motoristas. As pistas estavam interditadas desde março, por conta da substituição do asfalto por piso de concreto. A pedido de comerciantes e varejistas da região, as obras foram aceleradas para garantir mais conforto ao público durante as vendas de Dia das Mães, celebrado neste domingo (12).

“Estamos cumprindo com o que foi determinado pelo governador Ibaneis Rocha e atendendo ao pedido da população”, esclarece o secretário de Obras e Infraestrutura, Valter Casimiro. “Tudo o que está ao nosso alcance para acelerar as obras em todo o Distrito Federal está sendo feito. Acompanhamos de perto todos os trabalhos e mantemos um diálogo aberto e constante com quem está sendo afetado pelas intervenções, para diminuir os transtornos.”

O superintendente do Pátio Brasil, Augusto Brandão, afirma que a movimentação da obra afetou a mobilidade do público; e, com a liberação, o cenário tende a mudar. “As pessoas tinham uma ideia de que, por se tratar de uma grande obra, o acesso era superdifícil, mas não era bem assim”, pontua. “O acesso ao shopping segue normalmente. Houve transtornos, óbvio, mas é uma obra importante para a cidade, para o usuário de ônibus, para o cidadão como um todo. Essa intervenção diminui o custo de manutenção das ruas e dá uma outra qualidade para todo o sistema”.

A obra 

A reforma na W3 Sul tem o investimento total de R$ 25,6 milhões e gera cerca de 240 empregos diretos e indiretos. Os recursos, originários da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) foram repassados à Secretaria de Obras e Infraestrutura (SODF) por meio de convênio.

O pavimento rígido na faixa destinada aos ônibus ao longo do trecho entre as quadras 703 Sul e 716 Sul já foi entregue. No sentido contrário da via, no lado comercial, o trecho na altura das quadras 515 e 516 Sul, também estão concluídos. A concretagem segue em ordem decrescente pelas quadras até a finalização.

Além da implementação do pavimento rígido, o projeto prevê a execução de redes de drenagem, abertura de bocas de lobo e pavimentação, bem como a construção de calçadas, meios-fios, paisagismo e sinalização.

Assim que for concluída a obra, cada sentido da W3 Sul terá uma faixa de rolamento com pavimento rígido (concreto), por onde passará o transporte público, e duas com pavimento flexível (asfalto), para o fluxo de carros e motocicletas.