Da redação
Do Mais Brasília

Defesa pede que fazendeiro acusado de acobertar Lázaro seja solto

Suposto comparsa do maníaco está preso preventivamente desde a última quinta-feira (24/6)

Delegacia de polícia de Águas Lindas de Goiás

A defesa de Elmi Caetano Evangelista, de 74 anos, requisitou que a Justiça revogue a prisão preventiva dele, nesta terça-feira (29/6). O fazendeiro é suspeito de ter acobertado e dado apoio a Lázaro Barbosa durante a fuga que durou 20 dias.

O suposto comparsa do maníaco foi detido na última quarta-feira (24/6), depois que as investigações apontaram o possível auxílio a Lázaro. Após o depoimento do caseiro Alain Reis, de 33 anos, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) determinou que o patrão dele continuasse preso, agora preventivamente.

De acordo com o portal Metrópoles, o Ministério Público de Goiás (MPGO) se manifestou contra a liberdade de Elmi e defendeu a manutenção da prisão preventiva.