DF: agências do trabalhador ofertam 136 vagas – Mais Brasília
Do Mais Brasília

DF: agências do trabalhador ofertam 136 vagas

Maior salário, de R$ 4 mil, é para o cargo de auditor contábil

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

As agências do trabalhador do Distrito Federal oferecem 136 vagas de emprego nesta quarta-feira (11/1). Os salários variam de R$ 1.320 a R$ 4 mil.

Três desses postos de trabalho são para pessoas com deficiência (PcDs). Dois deles para atendentes de lojas, sendo um na Asa Sul e outro na Asa Norte. O salário é o mesmo: R$ 1.336,23. Não é exigida experiência prévia, mas é necessário ter o ensino médio completo.

A outra oportunidade para PcD é para salva-vidas, na Asa Norte, com proventos de R$ 1.656,00. Neste caso, o candidato deve ter experiência prévia e diploma de ensino médio completo.

A função com mais oportunidades nesta quarta é a de costureira em geral, com 50 vagas no Guará I e salários entre R$ 2 mil e R$ 3 mil.

Em Ceilândia, há 15 vagas para carpinteiro com salário de R$ 2 mil, mais benefícios, sem obrigação de experiência no ramo nem exigência de diploma.

Para açougueiro, são dez oportunidades no Paranoá, com proventos de R$ 1.800, mais benefícios. Neste caso, é exigida experiência no cargo, além de diploma de ensino médio.

Em Luziânia (GO), há sete vagas para o trabalho de montador de estruturas metálicas, com rendimento de R$ 2.100, mais benefícios. Além de experiência na profissão, é exigido o ensino fundamental completo.

O cargo com o maior salário entre as vagas disponíveis é o de auditor contábil. São duas oportunidades na Asa Norte, cada uma com proventos de R$ 4 mil, mais benefícios. O candidato tem que provar ter curso superior completo em contabilidade, além de experiência no setor.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo do Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail [email protected] Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet).