Do Mais Brasília

DF chega a 100ª alta de pacientes com Covid-19 em hospitais de campanha

Morador de Cristalina, Evaldo Rodrigues, 39 anos, estava internado no Gama e foi liberado na tarde desse domingo (30/5)

Evaldo Rodrigues é um dos mais de 300 mil pacientes atendidos no DF que se curaram da covid-19
Evaldo Rodrigues é um dos mais de 300 mil pacientes atendidos no DF que se curaram da covid-19. Fotos: Breno Esaki / Agência Saúde

O Distrito Federal celebrou a 100ª alta de pacientes com Covid-19 nos novos hospitais de campanha. O morador de Cristalina, Evaldo Rodrigues, 39 anos, estava internado no Hospital de Campanha do Estádio Bezerrão, no Gama, e foi liberado na tarde desse domingo (30/5).

O paciente iniciou o tratamento ainda no entorno do DF e chegou a ter 30% do pulmão comprometido. Ainda nesta semana, Evaldo foi transferido para o Hospital de Campanha do Bezerrão, onde finalizou o tratamento e venceu a Covid-19. “Não tenho nem como descrever a alegria de poder voltar para casa, para a minha família”, afirma.

Com a alta desse domingo, Evaldo se junta aos mais de 300 mil pacientes atendidos no Distrito Federal que adquiriram a doença e foram curados. De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, a taxa de recuperação do novo coronavírus no DF é de 95,8%.

Em uma breve cerimônia, o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, recepcionou Evaldo do lado de fora da unidade. “Isso foi fruto de um trabalho muito grande, é um marco histórico para nós e temos de lembrar de todas as pessoas que foram importantes. Fica aqui a nossa grande felicidade em estarmos liberando este centésimo paciente, recebi a notícia de que mais 10 tiveram alta agora. Que assim seja daqui pra frente e que essas pessoas possam voltar para os seus lares com muita saúde e felicidade”, declarou o titular da pasta.

Hospital de Campanha do Gama

O Hospital de Campanha do Gama foi inaugurado no dia 7 de maio. A unidade conta com 100 leitos com suporte de ventilação mecânica, monitores paramétricos, bombas de infusão para a condução de drogas vasoativas e diálise à beira leito, para garantir assistência aos casos mais graves acometidos pelo novo coronavírus.

Além da unidade do Gama, outros dois hospitais de campanha foram entregues no mês de maio: um no Autódromo de Brasília e outro em Ceilândia, cada um com 100 leitos nos mesmos moldes. Além disso, a pasta também entregou nesta semana o Hospital Modular Acoplado de Samambaia, que dispõe de uma estrutura com 102 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19, sendo quatro de isolamento e o restante de enfermaria.