Do Mais Brasília

Ex-PM de Goiás é preso após se envolver em briga e efetuar disparos em bar no DF

Confusão ocorreu na madrugada de quarta-feira (13/10), na EQNP 13/9

Foto: Reprodução

Um ex-policial militar de Goiás, de 30 anos, foi preso pela Polícia Civil do DF (PCDF), na tarde desta quarta-feira (13/10), após se envolver em uma briga de bar de Ceilândia durante a madrugada. A confusão ocorreu em um estabelecimento comercial da EQNP 13/9, por volta das 2h da manhã.

Na ocasião, o ex-militar efetuou disparos na direção das pessoas que estavam no local. Antes disso, ele ainda deixou cair no chão uma arma de fogo.

Confusão

De acordo com o delegado-chefe adjunto da 19ª DP, Thiago Peralva, que investiga o caso, o ex-militar primeiro, se envolveu em uma briga no bar. Na sequência ele foi embora e deixou a arma cair. Cerca de 40 minutos depois, o homem retornou a unidade e efetuou diversos disparos.

“Apesar dos tiros terem sido disparados na direção das pessoas que estavam no local, ele não chegou a ferir ninguém”, afirmou.

Em um vídeo gravado pelas câmeras de segurança do bar é possível ver o homem (camisa vermelha) empurrar outra pessoa. As imagens ainda mostram que uma mulher e um terceiro homem partem em direção ao ex-PM.

Prisão

Após a ocorrência ser registrada na 15ª DP e repassada para a 19ª, a PCDF seguiu em diligências e prendeu o homem em sua casa localizada também em Ceilândia. No local os agentes encontraram a arma utilizada para os disparos com 15 munições intactas. O ex-militar tinha o registro das duas armas de fogo e, segundo informou à polícia, foram adquiridas enquanto servia ao estado de Goiás.

Para a polícia, o ex-PM não soube detalhar o motivo da confusão. Segundo a PCDF o homem, que não tinha registros criminais, responderá em liberdade pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e pelo crime de disparo de arma de fogo.

“Ele pagou fiança e foi liberado. As armas apreendidas foram encaminhadas à perícia”, finalizou.