Do Mais Brasília

Família morta em chacina de Ceilândia é velada nesta segunda (14/9)

Pai e filhos foram assassinados na madrugada de quarta-feira (9/6). O corpo da mãe e esposa das vítimas foi localizado no sábado (12/6)

Amigos e familiares se despedem, nesta segunda-feira(14/6), da família morta na chacina ocorrida em uma proriedade da área rural em Ceilândia, na última quarta-feira (9/6). Os corpos estão sendo velados na capela 3 do cemitério Campo da Esperança de Taguatinga.

Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, foram mortos com golpes de faca e tiros durante a madrugada. A esposa e mãe das vítimas, Cleonice Marques, 43 anos, foi levada pelo autor do crime no dia do ocorrido. O corpo dela foi encontrado nesse sábado (12/6),  próximo a um córrego localizado no Sol Nascente, no local conhecido como Córrego das Corujas no meio da mata entre a BR-070 e a DF-180.

O principal suspeito de assassinar a família é Lázaro Barbosa Souza, 32 anos. Ele segue foragido e cometendo novos crimes por onde passa. O mais recennte, foi na noite desse domingo (13/6). Para fugir do cerco policial, o homem roubou um carro  e próximo ao município de Edilândia (GO), ao ver um bloqueio na estrada, abandonou o carro e fugiu por dentro da mata. Forças de segurança do DF e de Goiás se revezam nas buscas pelo criminoso, foragido há seis dias.