Da redação
Do Mais Brasília

Fazendeiro que, possivelmente, trocou tiros com Lázaro afirma que “não tem medo”

O fazendeiro disse que não saiu da propriedade em nenhum momento e que não tem certeza se, de fato, se tratava do criminoso, uma vez que tem muita gente se aproveitando da situação

Foragido há 15 dias, Lázaro Barbosa, teria trocado tiros com um fazendeiro na noite dessa terça-feira (22/6). O homem suspeito de matar uma família em Ceilândia, segue na tentativa de invadir residências para encontrar comida e apoio para a sua fuga.

Em entrevista ao portal Metrópoles, o homem com quem Lázaro trocou disparos, afirmou que não tem medo do que acontece na região. O fazendeiro de 54 anos, disse que não saiu da propriedade em nenhum momento e que não tem certeza se, de fato, se tratava do criminoso, uma vez que tem muita gente se aproveitando da situação.

“Ele deu um tiro a cerca de 50m. Eu não me assusto. Estava esperando. Estou aqui 24h. Não tenho medo disso aqui. Quem tem de ir embora é ele, não é nós, não”, afirmou em entrevista..

O fazendeiro ainda afirmou que é a segunda vez que Lázaro se aproxima da residência. Na última sexta-feira (18/6), a casa foi invadida e teria sido levado leite e linguiça que estava no congelador.

Ao todo, cerca de 270 homens da força-tarefa se revezam 24 horas, nas regiões de Girassol e Edilândia a procura de Lázaro Barbosa, 32 anos.