Do Mais Brasília

Funcionários do Aeroporto de Brasília começam a ser vacinados em 7 de junho

Secretaria de Saúde do Distrito Federal disponibilizará 2.100 doses de vacinas para os aeroportuários do terminal brasiliense

Aeroporto de Brasília
Foto: Divulgação/Inframérica

A vacinação contra a Covid-19 dos funcionários do Aeroporto de Brasília começará no dia 7 de junho. Segundo a Inframérica, concessionária que administra o terminal, nesta primeira etapa serão cerca de 2.100 doses aplicadas nos trabalhadores da aviação comercial que trabalham na linha de frente, em contato direto com passageiros.

Estes profissionais serão imunizados com as vacinas da AstraZeneca/Oxford e para receber a dose será realizada a conferência do nome em uma lista. Além disso, será necessário apresentar o crachá que comprove o vínculo de empregado com o aeroporto e documento de identificação.

A lista de pessoas a serem vacinadas será compilada pela Inframerica a partir das informações submetidas por cada empresa atuante no terminal. Em seguida, a concessionária encaminhará o documento à Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Assim, será de responsabilidade de cada empresa que opera no aeroporto informar quais de seus funcionários deverão receber o imunizante nesta primeira fase.

O terminal brasiliense conta com cerca de 6 mil aeroportuários com credenciais ativas. As doses imunizarão quase 38% dos trabalhadores nesta primeira fase, que neste momento são aqueles que prestam serviço de atendimento direto ao público. Ao longo da próxima semana, o Ministério da Saúde deverá enviar ao DF novas doses para atender aos demais aeroportuários.

Variante indiana

De acordo com a Inframérica, os aeroportuários já constavam na lista de grupos prioritários da vacinação contra Covid-19, mas o Ministério da Saúde e da Infraestrutura decidiram intensificar a imunização do setor depois que a variante indiana foi identificada no país.

“Os trabalhadores dos aeroportos estão na linha de frente desde o início da pandemia e não pararam de atender aeronaves e passageiros que precisavam voar neste momento, seja para trazer medicamentos e cargas ou levar médicos para diversas regiões brasileiras”, afirma a concessionária.

A aplicação da vacina deverá ocorrer na Unidade Básica de Saúde do Guará (nº 2) entre os dias 7 e 10 de junho, das 9h às 17h, e no QG do Exército no mesmo período, mas de 18h às 22h30. Em ambos os locais a vacinação será ministrada em sistema de drive-thru.

O Aeroporto de Brasília é o 2º mais movimentado do país e um dos maiores centros de conexão de voos do Brasil. Atualmente, circulam em média pelo terminal aéreo 13 mil passageiros por dia. Antes da pandemia do novo coronavírus, o movimento diário era em torno de 50 mil.