Do Mais Brasília

Grupo que roubou R$11 milhões de idosa é alvo da PCDF

Golpe ocorreu entre os anos de 2017 e 2020. Os criminosos faziam a vítima pagar por dívidas inexistentes

PCDF - viatura
Foto: Agência Brasil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por intermédio da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), cumpriu quatro mandados de busca e apreensão e dois de monitoramento eletrônico contra um grupo responsável por praticar estelionatos na internet. Os mandados foram expedidos pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Brasília.

Segundo a PCDF, o grupo criminoso é responsável pelo desvio de R$11 milhões, entre os anos e 2017 e 2020, de apenas uma vítima.

A investigação concluiu que os envolvidos induziam a vítima, uma senhora idosa, a realizar transferências bancárias, a título de pagamento de tributos, com a falsa promessa de, posteriormente, receber os valores devido a uma demanda judicial antiga.

Os envolvidos utilizavam e-mails e outros documentos semelhantes a órgãos judiciais para realizar cobranças de dívidas inexistentes. Com medo de terem as contas bloqueadas, as vítimas realizavam o pagamento da dívida.

A PCDF também aponta que os valores recebidos da vítima foram utilizados na compra de bens móveis e imóveis, depois de passarem por processo de branqueamento de capital, instrumentalizado por meio de pessoas jurídicas de fachada.

Durante as buscas, foram localizados e apreendidos um aparelho celular, além de cartões bancários. A Justiça ainda bloqueou os bens dos investigados.