Do Mais Brasília

Homem acusado de feminicídio em motel de Taguatinga e comparsas são presos

Durante a ação, os policiais constaram que outras sete pessoas, que estavam no local, consumiam drogas e bebidas

Foto: PCDF

O homem que assassinou uma mulher no motel em Taguatinga, no dia 31 de outubro, foi preso na tarde deste domingo (14/11).

A vítima, Ana Carolina de Araújo Lima, de 21 anos, foi torturada e morta em um quarto do hotel Play Time, em Taguatinga Sul. O acusado pelo assassinato é Ruan Rodrigues de Souza, membro da facção Comboio do Cão.

De acordo com a polícia, havia um mandado de prisão preventiva contra o autor deste crime, um indivíduo de 27 anos.

Os policiais identificaram o esconderijo do acusado, localizado em Samambaia. Outro
homem, 25 anos, acusado de participação do crime, também foi preso.

A proprietária da residência foi autuada pelo crime de favorecimento pessoal.

Durante a ação, os policiais constaram que outras sete pessoas, que estavam no local, consumiam drogas e bebidas.

Eles foram autuados pelo porte de substância entorpecentes e liberados após a assinatura de termo circunstanciado. Após as providências legais, os envolvidos foram encaminhados ao cárcere
da PCDF.

A ação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi composta por uma parceria entre três departamentos da instituição: Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), do Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor) e da Divisão de Operação Especiais (DOE).