Do Mais Brasília

Homem acusado por tráfico de drogas é preso em Vicente Pires

Ação ocorreu no Buraco da Gia, na Vila São José, na tarde desta terça-feira (6/7). Com suspeito, foi encontrado porções de crack e R$ 529 em espécie

Homem é preso por tráfico de drogas em Vicente Pires
Foto: Divulgação/PCDF

Policiais civis da 38ª Delegacia de Polícia deflagrou, na tarde desta terça-feira (6/7), a Operação Carangi, que resultou na prisão em flagrante de um homem, 33 anos, acusado de tráfico de drogas. A ação ocorreu em um local conhecido como Buraco da Gia, na Vila São José, em Vicente Pires.

Segundo as investigações, o suspeito atuava na região com o comércio ilícito de crack e de maconha, quando foi surpreendido pelos policiais enquanto realizava a venda de uma porção da droga para um usuário, de 29 anos.

“Na ocasião de sua prisão, o traficante estava fazendo um churrasco em casa e assistindo ao jogo das semifinais da Eurocopa, além de comercializar os entorpecentes”, conta o delegado da 38ª DP, Walber Lima.

O autor passou a ser investigado após o recebimento de diversas denúncias, sendo constatado que ele traficava desde 2009. Em buscas na residência, agentes encontraram nove porções de crack, já fracionadas para venda ilícita, além de uma pedra da droga, de tamanho médio, ainda não fracionada.

“Cada porção de crack era vendida por R$ 20”, destaca o delegado. Em poder do homem, foi apreendido, também, a quantia de R$ 529 em espécie, proveniente do comércio ilícito de drogas.

O traficante foi levado à carceragem da PCDF, onde permanece à disposição da Justiça.

Operação Carangi

De acordo com a corporação, a Operação Carangi vem sendo realizada de forma continuada, com objetivo de acabar com as práticas ilícitas na região administrativa de Vicente Pires, especialmente na Vila São José.

O nome da operação foi baseado na modelo americana Gia Carangi, considerada por críticos da moda como sendo a primeira supermodelo da história e a mais influente de sua época, tendo sua carreira decaído rapidamente no início dos anos 80, quando desenvolveu uma profunda depressão e viciou-se em cocaína e heroína. Pouco depois, ela acabou falecendo aos 26 anos em decorrência de AIDS, em 1986.

Gia foi uma das primeiras mulheres famosas a morrer em razão desta doença nos Estados Unidos, no início da epidemia. Sua vida foi levada à televisão num especial da rede HBO em 1998, no qual Gia foi interpretada pela atriz Angelina Jolie.