Do Mais Brasília

Homem morre e cinco pessoas ficam feridas após briga em bar de Ceilândia

Briga envolveu filho de policial militar do DF

Foto: Reprodução/CBMDF

Um jovem de 17 anos morreu e cinco pessoas ficaram feridas após uma briga ocorrida em um bar de Ceilândia Sul, no Distrito Federal. A confusão ocorreu na noite desse domingo (28/11), na EQNN 4/6, na Guariroba e envolveu o filho de um policial militar do DF.

Edinaldo Junio levou um tiro abaixo do ombro esquerdo e entrou em parada cardiorrespiratória (PCR). O jovem chegou a receber socorro do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu e teve o óbito declarado no local.

De acordo com o CBMDF, a corporação foi acionada por volta das 22h03 para atender diversas vítimas no local. Ao chegar à unidade, os militares encontraram pessoas feridas por arma de fogo e arma branca. Foi preciso solicitar reforço no local e a realização de uma triagem para verificar os feridos mais graves.

Das vítimas socorridas pelos militares, quatro foram encaminhadas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Uma delas chegou a ser atendida no local da confusão, mas recusou o transporte ao hospital.

Um jovem de 26 anos, identificado como João José, apresentava ferimento por arma branca e, no momento do socorro, estava inconsciente e instável. Ele foi levado em estado grave para a unidade de saúde.

Gilmar dos Santos, 55 anos e Luis Filipe, 28 anos, também foram ferido por arma branca no tórax. Ambos estavam conscientes, orientados e estáveis no momento do socorro e também foram levados ao HRC.

Uma mulher também foi uma das vítimas da confusão. Identificada pelo primeiro nome Valéria, ela apresentava ferimentos por arma branca e arma de fogo e estava inconsciente e instável no momento em que foi transportada para o hospital.

Das vítimas mais graves da confusão, um homem não identificado, também apresentou ferimento por arma de fogo e perfuração na orelha direita. Ele chegou a ser atendido pelos militares no local, mas se recusou a ir ao hospital.

A Polícia Militar do DF ficou responsável pelo local e a Polícia Civil foi acionada. A ocorrência foi registrada na 23ª, no P Sul.

A confusão

A briga no bar teria começado entre dois jovens que estavam no local. Segundo testemunhas informaram à PMDF, depois de discutirem,   um dos homens foi até a casa onde mora, pegou uma faca e voltou ao bar. Ali, ele atingiu a pessoa com quem teria discutido. Esse jovem é filho de um policial militar.

Além do filho do militar, o jovem, que estava acompanhado da mãe e do cunhado, atingiu também um amigo dele.

Testemunhas ainda disseram que o PM, pai do jovem agredido,  foi socorrer o filho e também acabou esfaqueado.  Ele se levantou e reagiu com disparo de arma de fogo contra o agressor,  um menor de 17 anos que morreu no local.

A mãe dele também foi atingida no braço e o cunhado na orelha.