Do Mais Brasília

Ibaneis diz que DF compra vacinas de farmacêuticas assim que tiver venda direta

Intuito do governador é agilizar a imunização no Distrito Federal contra a Covid

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (Foto: Marcello Casal Jr/ABr)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), disse pelo Twitter que “assim que as farmacêuticas iniciarem a venda direta de vacinas para Unidades da Federação, nós faremos a compra e agilizaremos a imunização [contra a Covid-19]”. Segundo ele, a secretaria de Saúde do DF e o Consórcio Brasil Central, da qual faz parte, já realiza negociações.

“Como já disse anteriormente, assim como todos os Estados até o presente momento, o DF tem vacinado exclusivamente com doses enviadas pelo Ministério da Saúde. Isso significa que há uma condicionante da velocidade de vacinação ao envio dessas doses”, justificou possível demora.

Ibaneis é o presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC). A autarquia é formada por Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

Novas doses

Ainda pela rede social, Ibaneis informou que o DF recebe, ainda nesta semana, 45 mil doses de vacina. “Isso nos dará condições de iniciar a vacinação do público de 62 e 63 anos a partir de sábado (24)”, escreveu.

Ao todo, serão 11.800 doses da vacina do Butantan e 34.750 da Aztrazeneca. Ibaneis lembra que, após finalizar a vacinação dos idosos até 60 anos, será a vez de imunizar pessoas com comorbidades e professores.