Do Mais Brasília

Justiça do DF condena mulher que tentou matar moça que conversava com ex

Crime ocorreu no dia 17 de junho de 2018, dentro de uma distribuidora de bebidas, em Ceilândia Norte

Foto: Freepik/Reprodução

O Tribunal do Júri de Ceilândia condenou Dayanne da Silva Dias a sete anos de prisão, em regime semiaberto, por tentar matar com golpes de faca uma mulher que conversava com o seu ex-namorado em um estabelecimento comercial.

O crime ocorreu na noite do dia 17 de junho de 2018, dentro de uma distribuidora de bebidas, em Ceilândia Norte, onde ocorria um forró. A vítima não foi atingida em local letal e conseguiu fugir após o ataque.

Segundo o Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT), a tentativa de homicídio teve “motivação torpe, devido ao sentimento de posse que Dayanne nutria em relação ao ex-companheiro, que estava conversando com a vítima”. Além disso, o caso ocorreu por meio de recurso que dificultou a defesa da mulher, uma vez que a agressão foi inesperada.

Ao avaliar a pena, o juiz presidente do Júri afirmou que “a tentativa não foi branca, mas cruenta, visto que a vítima foi lesionada. Apesar disso, não houve tecnicamente perigo de morte”. Dayanne poderá recorrer da sentença em liberdade.