Da redação
Do Mais Brasília

Lázaro é enterrado após cerimônia com comoção de familiares

Sepultamento teve acesso e divulgação restritos para segurança dos parentes

O corpo de Lázaro Barbosa, morto após 20 dias de fuga da Polícia, foi enterrado na tarde desta quinta-feira (1º/7), em um cemitério de Cocalzinho (GO), região onde ocorreu a operação de buscas por ele.

O sepultamento ficou marcado pela emoção dos familiares, que foram os únicos presentes na cerimônia, com nove pessoas ao todo. Tanto o local quanto o horário do enterro não foram divulgados previamente para segurança dos parentes de Lázaro.

“Em nome da família do Lázaro, nós agradecemos a todos que compareceram. Deus cuidou de nós até o último momento”, disse a mulher ao Correio. Ainda segundo o jornal, a mãe, o pai e o padrasto não compareceram ao enterro.

O advogado Wesley Lacerda, que foi chefe de Lázaro no passado e por isso prestou apoio à família, também colaborou com os preparativos do enterro, após já ter auxiliado com a retirada do corpo no Instituto Médico Legal (IML). O cadáver foi preparado na sede de uma funerária que fica no Setor de Oficinas Sul do Guará (DF).

Lázaro foi sepultado três dias após morrer em confronto com a Polícia, na periferia de Águas Lindas de Goiás. De acordo com o boletim de ocorrência, foram disparados 125 tiros, dos quais 39 atingiram o fugitivo.

Participaram da força-tarefa aproximadamente 270 homens das polícias Militar (PM), Civil (PC), Federal (PF), Rodoviária Federal (PRF) e Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE-DF).

Relembre a trajetória das buscas por Lázaro Barbosa, autor de crime que chocou o DF.