Da redação
Do Mais Brasília

Lázaro esteve na casa da ex-mulher para deixar R$ 300 para o filho

Antes de fugir para a mata novamente, o serial killer do DF procurou a casa do filho de 3 anos e 9 meses

Na noite desse domingo (27/6) , entre 20h e 21h, Lázaro Barbosa esteve na casa da ex-mulher Luana para entregar R$ 300 para ajudá-la a criar o filho do casal, de 3 anos e 9 meses.

Em entrevista ao Correio, a mulher contou que o foragido a chamou do lado de fora da cerca para entregar o dinheiro e não chegou a entrar na casa para ver o filho. No local, a ex-sogra do foragido colocava o menino para dormir. De acordo com Luana, pelo comportamento de Lázaro ele não iria se entregar para a polícia. “Ele nunca se entregaria. Poderia ter evitado isso tudo, mas não quis. O que eu posso fazer?”, narra Luana.

A ex-sogra de Lázaro disse que não entende o motivo dele ter visitado a casa. “Ele nunca ajudou a pagar as coisas para o menino e de repente vem trazer dinheiro. Não entendi. Mas antes ele era calado, quieto, nunca me passou pela cabeça que seria esse monstro”, relata.

Polícia

De acordo com Luana, por volta das 22h, os policiais entraram na casa dela. “Eles falavam que eu sabia onde estava Lázaro. Eu mostrei a mata por onde ele tinha ido. Eles arrombaram a porta, me acusaram de estar ajudando ele (Lázaro). Depois de passar a noite percorrendo com as buscas, por volta das 7h os policiais me deixaram na delegacia. Meu filho, nesse tempo, estava com minha mãe”, conta.

Lázaro trocou tiros com a polícia entre 9h e 10h da manhã desta segunda-feira (28/6), em Padre Lúcio. Durante a Operação, ele foi atingido e não resistiu aos ferimentos.