Da redação
Do Mais Brasília

Lázaro tinha na mochila pacotes de comida, munição, remédios e dinheiro

Polícia acredita que estes itens indicam que ele teve auxílio nos 20 dias de fuga

A Polícia Civil de Goiás encontrou diversos itens na mochila de Lázaro Barbosa, capturado e morto após 20 dias de fuga, nesta segunda-feira (28/6), em Águas Lindas (GO).

Ao todo, além de R$ 4,4 mil em espécie no bolso e das armas de fogo, incluindo uma pistola que Lázaro utilizou e descarregou no último confronto com a polícia, havia:

  • macarrão instantâneo com tempero;
  • bolachas;
  • uma cebola;
  • frasco com óleo;
  • uma faca de cabo verde;
  • coldre para arma de fogo;
  • carregador de pistola sobressalente;
  • diversas munições;
  • jaqueta camuflada;
  • balaclava;
  • luva de pano;
  • isqueiro;
  • diversos medicamentos.

“Isso é mais uma prova de que tenha gente acobertando ele e dificultando o trabalho das forças policiais”, afirmou o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda.

Apesar da morte de Lázaro Barbosa, as investigações continuam justamente para apontar quem pode ter fornecido este material ao maníaco, além de ajudar na fuga de outras formas. Um dos suspeitos, o fazendeiro Elmi Caetano, 74 anos, está preso preventivamente em Águas Lindas (GO).