Da redação
Do Mais Brasília

Marido se entrega à polícia após morte da companheira em Sobradinho

Corpo de psicóloga foi encontrado na própria casa, com sinais de esganadura

Depois que uma mulher de 41 anos foi encontrada morta em sua casa, em Sobradinho, o marido dela concordou em se entregar à polícia, na noite desta quinta-feira (17/06). Ele conversou, por telefone, com a 13ª Delegacia da Polícia Civil (Sobradinho).

De acordo com a Polícia Civil do DF (PCDF), o corpo da psicóloga Melissa Mazzarello de Carvalho Santos Gomes foi localizada em casa, com marcas de esganadura. O marido dela, Leandro de Barros Soares, de 41 anos, é o principal suspeito.

No início do caso, Leandro havia fugido depois que o crime foi descoberto pela polícia. Após o telefonema, os policiais o encontraram numa agência bancária, na Asa Sul.

“Ele, convencido de que não haveria como fugir e decidido a se responsabilizar, concordou em não fazer mais nenhuma movimentação”, afirmou o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado, em entrevista ao Metrópoles.

A vítima era mãe de dois filhos, mas, de acordo com Hudson Maldonado, as crianças não estavam em casa no momento do suposto feminicídio. O casal estava separado, mas começavam um processo de reaproximação, segundo os investigadores, que suspeitam da hipótese de morte motivada por ciúmes.