Marcelo Moura
Do Mais Brasília

“Missão cumprida”, diz Rodney Miranda sobre Lázaro Barbosa

“Descarregou a pistola contra os policiais. Tinha R$ 4 mil no bolso”, conta o secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás sobre desfecho do caso

O secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás, Rodney Miranda, em entrevista coletiva sobre a operação de captura que do foragido Lázaro Barbosa que culminou com sua morte, comemorou o desfecho do caso. “Missão cumprida. Saímos com grande objetivo cumprido: não deixamos ele machucar mais ninguém”, comemorou durante a coletiva.

Ele relatou que, antes de ser abatido, o criminoso atirou contra os policiais, tendo havido uma troca de tiros. “Nenhum policial foi ferido. Ele na hora da abordagem descarregou a pistola em cima dos policiais e não tivemos outra alternativa senão revidar”, disse.

Miranda fez também um relato das últimas investigações, e enfatizou a importância das prisões do caseiro Alain Reis dos Santos e do fazendeiro Elmir Caetano Evangelista, acusados de dar guarida ao foragido, pareceram reacender a esperança da captura de Lázaro.

“Desde ontem à noite, aliás nos últimos dias, depois que ele saiu da zona de conforto, depois que nós perdemos uma parte das pessoas que estavam acobertando ele, que ele saiu da zona de conforto, nós apertamos o cerco”, disse.

O secretário, contou sobre o fato de Lázaro ter procurado a ex-sogra. “Ontem à noite, nós descobrimos que ele tinha procurado entrar em contato com parentes na periferia de Águas Lindas, temos filmagens que vamos mostrar para vocês. Ele estava armado. Ele foi pro mato, fizemos o cerco, ele tentou fugir do cerco e confrontou com a equipe do major Edson”, completou Rodney Miranda.

Miranda também se comprometeu a fornecer mais informações e material para a mídia. “Nós vamos passar o local, coordenada, imagens que nós colhemos ontem a noite, tem câmeras de segurança, os trajes que ele estava, arma na mão. Tudo está registrado e vai ser passado para vocês ele circulando com a arma na mão, com as roupas que ele foi confrontado”.

Por fim, o secretário cita a ação de todos os envolvidos nas buscas e no desfecho do caso. “Sem vaidade, com muita responsabilidade, impedimos que ele fugisse”, enfatizou.