Do Mais Brasília

Morre cão Eddy da PMDF, destaque no combate ao tráfico de drogas; veja homenagem

Pastor belga faleceu por complicações de uma torção gástrica, na última quinta-feira (18/11)

Foto: Divulgação/PMDF

Policiais do Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães) se despediram do cão Eddy, que morreu aos 4 anos, na última quinta-feira (18/11), no Distrito Federal. O pastor belga faleceu por complicações de uma torção gástrica.

De acordo com a Polícia Militar (PMDF), o animal estava no auge da vida profissional, sendo destaque na unidade devido à alta produtividade. Além disso, Eddy também vinha liderando as apreensões de drogas nos últimos 2 anos.

Eddy chegou ainda filhote no BPCães e, com menos de um ano de vida, em 2018, começou a ser treinado como “recruta” da K9 Veterana Charlotte.

“O Eddy é um filho para mim e muito do que sou como profissional que sou hoje aprendi nos treinamentos para torná-lo um policial”, afirmou o cabo Salviano.

Os militares realizaram uma cerimônia de despedida para o cão policial. Segundo a corporação, “Eddy vai deixar saudades para toda a PMDF”.