Da redação
Do Mais Brasília

Morre policial militar baleado na cabeça durante assalto em Samambaia

O 1º sargento estava internado desde o dia 9 de junho, quando tentou evitar um roubo em Samambaia

Morreu na manhã desta quinta-feira (22/07), o policial militar Marcos César Carreiro, vítima de um disparo de arma de fogo na cabeça. O 1º sargento estava internado desde o dia 9 de junho, quando tentou evitar um roubo em Samambaia.

Na polícia desde 1991, o militar completaria trinta anos de ativa este ano e estava lotado no 4º Batalhão do Guará.

Por meio de nota a Polícia Militar do DF (PMDF) lamentou o ocorrido.

“Com pesar que a Polícia Militar do Distrito Federal informa o falecimento do 1º sargento Marcos César Carreiro. O policial estava internado desde o dia 9 do mês de junho deste ano, quando de forma heroica tentou evitar um roubo, e na manhã desta quinta-feira (22) veio a óbito.

O policial ingressou na corporação em 1991 no 92º Curso de Formação de Soldados e neste ano faria trinta anos de serviço. Estava lotado no 4º Batalhão do Guará e deixará muitas saudades para todos amigos que fez durante sua carreira.

Aos familiares e amigos transmitimos as nossas mais sinceras condolências pela partida do nobre policial militar.”

Relembre o caso

No dia 9 de junho, o policial militar Marcos César Carreiro levou um tiro na cabeça ao tentar impedir um assalto na QS 304. O crime ocorreu por volta das 23h.

O suspeito de atirar no PM foi localizado próximo ao local do crime, minutos depois da ação. Ele confessou a autoria do crime.

De acordo com a PMDF, com ele foi encontrado a camisa azul, utilizada no momento do crime, uma pistola americana calibre .9mm, nove munições, aproximadamente 1 kg de maconha, duas balanças de precisão, além de diversos aparelhos telefônicos, uma TV LCD e outros produtos em malotes dos Correios.