Do Mais Brasília

Polícia prende traficante líder de grupo que ostentava vida de luxo no DF

Suspeito era investigado desde 2018 pela Coordenação de Repressão às Drogas

Traficante que ostentava vida de luxo é preso
Foto: Divulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), deflagrou, nesta quinta-feira (9/9), a Operação Lâmina que resultou na prisão do traficante líder de uma organização criminosa. A esposa do acusado também foi detida.

O suspeito passou a ostentar vida de luxo nas redes sociais, com o compartilhamento de carros, lanchas, armas, joias e dinheiro. Segundo a Cord, era um “padrão incompatível com a condição financeira, pois não exercia atividade lícita que justificasse o poder aquisitivo”.

O homem começou a ser investigado em 2018. Os policiais identificaram a atuação de um grupo que promovia o tráfico no DF e Entorno. Na ação, foram apreendidos 160 kg de maconha. A maioria dos investigados foi presa e condenada.

Na época, o líder da organização não foi localizado durante a operação. Ele foi condenado, em primeira instância, por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Havia ainda, mandado de prisão condenatória por outros processos criminais, cujas penas alcançam 18 anos de reclusão.

A Cord cumpriu sete mandados de busca e apreensão, um de prisão preventiva e outro de prisão condenatória em endereços vinculados ao investigado e comparsas. A operação tem como objetivo desarticular a organização criminosa e apurar o crime de lavagem de dinheiro.

Durante a ação desta quinta-feira (9/9), houve a apreensão de duas pistolas 9 mm, 15 kg de maconha, R$5,4 mil em espécie, joias preciosas e dois veículos. O líder do grupo e a esposa irão responder por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de arma de fogo.