Do Mais Brasília

PF apreende 66 quilos de skunk no Aeroporto Internacional de Brasília

Ao todo, seis homens e duas mulheres foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas

Apreensão de drogas no Aeroporto de Brasília
Operação da Polícia Federal em parceria com a Receita Federal, apreende 66kg de drogas no Aeroporto de Brasília. Foto: Divugação/PF

Uma ação conjunta da Polícia Federal e da Receita Federal do Brasil realizada entre os dias 28 de ab ril e 6 de maio, resultou na apreensão de 66 quilos de skunk – um tipo de maconha pontencializada – no Aeroporto Internacional de Brasília.

Ao todo, seis homens e duas mulheres foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Todos os suspeitos encontram-se à disposição da Justiça e, se condenados, podem pegar penas de até 25 anos de prisão.

Parceria com resultados

De acordo com a PF, a atuação em parceria com a Receita Federal tem apresentado resultados positivos. Além das apreensões  de drogas e prisões pelo crime de tráfico de entopercentes, no dia 24 de abril as Instituições apreenderam R$ 370 mil na mala de uma passageira.

A dona da mala, uma mulher de 26 anos, é natural de Belém (PA). Segundo a PF ela estava em um voo que vinha de São Paulo, com destino à capital paraense, e que fez conexão em Brasília.

Como a mulher não apresentou documentos que comprovassem a origem do dinheiro a PF analisa a eventual ocorrência de crime de lavagem de capitais.