Do Mais Brasília

PM do DF e irmão são denunciados por estupro coletivo Águas Lindas (GO)

O crime aconteceu na madrugada de 8 de outubro, durante uma festa no Bairro Parque Barragem

Foto: Reprodução

O policial militar do DF Irineu Marques Dias, 44 anos e o irmão dele Thiago de Castro Muniz, 36, foram denunciados pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) pelo estupro coletivo contra uma jovem de 25 anos.

O crime aconteceu na madrugada de 8 de outubro, durante uma festa no Bairro Parque Barragem, em Águas Lindas de Goiás, cidade a 51 km de Brasília.

Na época do crime, a polícia prendeu três homens por participação no ato. Entre eles os irmãos Irineu e Thiago, esse último liberado pela Justiça. O PM, porém, segue preso no presídio destinado à policiais, em Goiânia.

Na denúncia oferecida à Justiça pela promotora Renata Caroliny Ribeiro e Silva, da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Águas Lindas de Goiás, em 9 de outubro, consta que Irineu e Thiago constrangeram a vítima mediante grave ameaça com uma arma de fogo, a ter conjunção carnal.

Leia também: Vítima de estupro coletivo presta novo depoimento à polícia