Da redação
Do Mais Brasília

PMDF resgata mulher após receber bilhete sobre agressões do companheiro

Ela estava em cárcere privado, e ligou para pedir socorro num apartamento na Asa Norte

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) resgatou uma mulher que era vítima de cárcere privado, na noite desta terça-feira (29/6), na Asa Norte, após receber um pedido de socorro através de um bilhete que ela escreveu.

De acordo com os policiais militares do 3º Batalhão, inicialmente a vítima, de 30 anos, ligou para a PM pedindo socorro, pois era mantida refém do próprio companheiro. Diante disso, uma equipe da PMDF e do Samu foram até o local, na 316 Norte.

Por volta das 22h30, os PMs bateram na porta, mas ninguém atendia. Depois de algumas tentativas sem retorno, eles viram que o bilhete foi jogado por debaixo da porta do apartamento com a seguinte mensagem:

“Estou trancada! Aqui está cheio de arma! Hoje já houve agressão! Ele tem problemas psiquiátricos também!”.

Ao perceber a situação de cárcere, a PM acionou um policial negociador e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) para ir ao local no intuito de libertar a vítima.

Foto: Divulgação/PMDF

O suposto agressor insistia que estava tudo bem, mas não deixava que a vítima fosse vista pela PM. Por isso, os policiais entraram na casa para prender o companheiro, e libertar a refém.

Eles foram encaminhados para a 5ª Delegacia da Polícia Civil, assim como as várias armas encontradas no apartamento. Os objetos apreendidos eram simulacros e armas de airsoft.