Ana Lúcia Ferreira
Do Mais Brasília

Polícia cumpre mandado de busca e apreensão na casa de jovem que causou acidente após dirigir embriagado

No dia do acidente, rapaz de 21 anos estava na companhia de mais dois amigos quando bateu com o carro em uma serralheria da rua 10, em Vicente Pires

Na manhã desta quinta-feira (24/6), equipes da 38ª Delegacia de Polícia, em Vicente Pires, cumpriram três mandados de busca e apreensão expedidos contra Rafael de Oliveira Rocha Faria, 21 anos, e dois colegas dele, de 19 e 20 anos, todos residentes na região. O jovem é o responsável por causar um acidente, no início de maio, em uma serralheria da região após ingerir bebida alcoólica e dirigir. Os amigos que estavam com ele no dia do acidente sofreram ferimentos e precisaram de socorro.

Os agentes foram nas casas do motorista e dos dois amigos para coletar mais provas do caso, uma vez que os três envolvidos entraram em contradição no momento dos depoimentos na delegacia. Além disso, as provas obtidas pela investigação constataram que as vítimas acidentadas, por serem amigas do motorista, estavam tentando proteger o condutor.

Segundo a corporação, foram encontradas provas de que o Rafael realmente havia ingerido bebidas alcoólicas antes do acidente e que os colegas dele tinham combinado as versões que seriam apresentadas.

Na casa do jovem, a polícia encontrou uma munição, da marca Luger, calibre .9 mm. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de munição de uso pessoal. Após o pagamento da fiança, no valor de R$5 mil, ele foi liberado. Se condenado por este crime, ele pode pegar pena de um a três anos de prisão.

“Essa pena somada, as penas pelos crimes de lesão corporal culposa de trânsito, embriaguez ao volante e evasão do local do acidente, podem alcançar até oito anos de prisão”, destaca o delegado chefe, Ataliba Neto.

A investigação ainda aguarda os laudos periciais (de local de acidente e corpo de delito) para avaliar a possibilidade alterar a incidência criminal de lesão corporal de trânsito culposa para dolosa, na modalidade de dolo eventual.

Relembre

O acidente ocorreu na noite do dia 13 de maio. No dia, Rafael de Oliveira Rocha Faria, 21 anos, dirigia embriagado quando bateu o carro contra a fachada de uma serralharia, na rua 10, em Vicente Pires. Dois amigos dele, de 19 e 20 anos, estavam no veículo no momento do acidente. Ambos sofreram ferimentos leves e o motorista fugiu do local.

Segundo a Polícia Civil do DF (PCDF), horas antes do acidente, Rafael e os colegas ingeriam bebida alcoólica em um bar do Sudoeste. Testemunhas que presenciaram o acidente também confirmaram que o motorista apresentava sinais de embriaguez.