Do Mais Brasília

Polícia do DF investiga morte de bebê de 6 meses em creche de Planaltina

Caso ocorreu na última quarta-feira (20/10), quando uma menina passou mal

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 31ª Delegacia de Polícia, investiga a morte um bebê de 6 meses de idade em uma creche, localizada no Setor Residencial Leste, em Planaltina. O caso ocorreu na última quarta-feira (20/10), quando uma menina passou mal no local.

A criança chegou a ser encaminhada para o Hospital Regional de Planaltina (HRP), mas já estava sem vida. Os profissionais da unidade de saúde realizaram manobras de ressuscitação, porém sem sucesso.

O pai da menina foi até a creche para buscá-la, por volta de 16h50 dessa quarta. Ele foi informado pelos funcionários do estabelecimento que o bebê havia sido levado ao hospital da região após supostamente se engasgar, quando estava sendo alimentada.

Durante as apurações, os policiais prenderam uma mulher de 22 anos, responsável pelo cuidado com os bebês da creche. Ela foi autuada em flagrante por homicídio na forma de dolo eventual, pois se omitiu na vigilância e cuidado da criança que estava passando mal.

Instituição irregular

A Secretaria de Educação do DF informou ao Mais Brasília que a instituição não é cadastrada junto à pasta, e também não tem alvará de funcionamento expedido pela Administração Regional de Planaltina. A creche chegou a dar entrada ao pedido de licença, mas não finalizou a documentação solicitada.

Após a repercussão do caso, a Secretaria de Proteção à Ordem Urbanística do DF (DF Legal) informou que uma equipe técnica foi visitar o local nesta sexta-feira (22/10), porém não foi possível realizar a vistoria, pois o estabelecimento estava fechado para perícia.

“A equipe retornará ao local, assim que possível, para a tomada de providências”, informou a DF Legal em nota.

Veja a íntegra da nota da Educação sobre a instituição:

A instituição não é cadastrada na Secretaria de Educação do Distrito Federal.

A Administração Regional de Planaltina informa que a empresa deu entrada ao pedido de licença de funcionamento em 2020, mas não finalizou a documentação solicitada e, por isso, não obteve a licença.

Em consulta a Rede Sim DF, foi constatado que a mesma havia entrado com pedido de licenciamento, faltando as autorizações por parte da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Educação.

A Secretaria DF Legal informa que não consta em seu banco de dados nenhuma reclamação ou denúncia sobre a creche Tia Cleidinha, em Planaltina. A pasta diz que enviará uma equipe ao local para averiguar as medidas que podem ser tomadas, uma vez que a mesma não deveria ter iniciado suas atividades sem todas as licenças válidas.

A recomendação da Secretaria de Educação é que os pais ou responsáveis, antes de efetivarem a matrícula, sempre verifiquem se a unidade educacional está em situação regular junto à Secretaria, o que pode ser feito no próprio site da pasta, pelo endereço eletrônico https://www.educacao.df.gov.br/rede-particular-escolas-credenciadas/.​