Do Mais Brasília

Quer adotar um bichinho? Zoonoses do DF tem 15 cães e 10 gatos

Os animais já estão vacinados contra a raiva e vermifugados

Zoonoses
Foto: Breno Esaki / Agência Saúde

Para aqueles que ainda não tem, ou desejam ter um amigo de pelo, a gerência de Vigilância Ambiental de Zoonoses, da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), tem 15 cães e 10 gatos adultos para adoção. Os animais já estão vacinados contra a raiva e vermifugados.

O diretor da zoonoses, Rodrigo Menna, explica que o cão ou gato acolhido recebe uma série de cuidados antes de ser colocado à adoção. “Aqui os animais são tratados, vacinados e vermifugados. Nos cães, são feitos exames de leishmaniose visceral, aplicada vacina antirrábica e vermífugo.

Já nos gatos, Menna afirma que é realizado o exame de FIV (vírus da imunodeficiência felina) e também aplicada vacina contra a raiva e vermífugo. Só então esses animais estarão prontos para adoção.

Ao chegar na zoonoses, geralmente, os animais apresentam comportamento agressivo. O gerente destaca que o canil ou gatil recebem os felinos ou caninos com suspeita ou confirmação de raiva, ou resgatados de seus tutores por maus-tratos.

“Apesar de todo esse cuidado inicial com o animal, os adotantes devem levá-los para um veterinário de sua confiança para receber outras vacinas para proteção de sua saúde, pois como não são consideradas zoonoses não são fornecidas na Dival”, ressalta Rodrigo.

Como adotar?

O candidato a adotar um animal deve acessar o site Amigos da Zoonoses e responder um formulário com algumas perguntas sobre como deseja cuidar e conviver com o cão ou o gato. Esse formulário será analisado pela equipe de voluntários que entrará em contato com o interessado.

Para retirada do animal, após adoção, é preciso levar documento de identidade, CPF, uma coleira no caso de adoção de um cãozinho ou caixa apropriada se for um gato.

O responsável pela adoção deverá ser maior de 18 anos e assinar um termo de responsabilidade se comprometendo a cuidar de forma responsável.