Do Mais Brasília

Rodoviários da Marechal fazem paralisação na manhã desta segunda (7/6)

A ausência de transporte afeta usuários do transporte público de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Guará, Vicente Pires, Águas Claras, Gama e Santa Maria

Os rodoviários da empresa Marechal amanheceram de braços cruzados nesta segunda-feira (7/6). A paralisação relâmpago afeta usuários do transporte público de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Guará, Vicente Pires, Águas Claras, Gama e Santa Maria.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, a paralisação ocorre devido ao descumprimento de obrigações trabalhistas. A Marechal não teria pago as horas extras, o tíquete-alimentação nem o feriado trabalhado pelos funcionários.

Em nota, a empresa disse que espera receber os valores em atraso “com a maior brevidade possível”.  E completou que “a Marechal segue trabalhando incansavelmente para cumprir os compromissos com os colaboradores e usuários do transporte coletivo.”