Do Mais Brasília

Sargento da PMDF é preso suspeito de liderar esquema de agiotagem

Militar e o irmão chegaram a movimentar R$ 8 milhões distribuídos em contas bancárias utilizadas para lavagem de dinheiro

Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

Um sargento da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi alvo de uma operação realizada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (16/11). O militar Ronie Peter Fernandes da Silva é suspeito de liderar, ao lado do irmão, o empresário Tiago Fernandes da Silva, uma organização criminosa especializada em agiotagem.

De acordo com a investigação da PCDF o grupo movimentou nos últimos seis meses mais de R$ 8 milhões distribuídos em contas bancárias utilizadas para lavagem de dinheiro. Realizada pela equipe da Divisão de Roubos e Furtos (DRF), os agentes cumprem 15 mandados de busca e 7 de prisão em Vicente Pires Taguatinga, ambas cidades no DF e ainda no estado de São Paulo.

Além de prender o militar e o irmão, na operação realizada pela manhã no DF, a PCDF apreendeu três veículos da Porsche e uma BMW X4 e prendeu outras cinco pessoas envolvidas no esquema.