Do Mais Brasília

Saúde recebe doação de celulares para ajudar na vacinação no DF

Aparelhos doados, nesta terça-feira (22/6), serão utilizados para preenchimento das fichas dos pacientes vacinados contra Covid-19

Celulares doados à SES-DF
Smartphones doados à Secretaria de Saúde. Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) recebeu, na tarde desta terça-feira (22/6), a doação de 87 celulares para uso das equipes vacinadoras nos pontos de vacinação contra a Covid-19. A doação é fruto da campanha Unidos pela Vacina, uma parceria do projeto Mulheres do Brasil com o Instituto Brasal. Os aparelhos serão distribuídos nas unidades.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, ressaltou a importância das parcerias com a rede pública de saúde, especialmente no campo tecnológico, no momento atual de pandemia.

“Estamos vivendo um momento de inovação e quando entramos numa ‘guerra’ como essa, nós já sabíamos que iríamos precisar de novas opiniões e outros conhecimentos por se tratar de uma doença nova, então todo conhecimento e toda ajuda são bem-vindos”, afirma o titular da pasta.

De acordo com a SES-DF, os aparelhos contribuirão no processo de informatização acelerando as informações do ponto de vacinação para a Atenção Primária.

Projeto

Os projetos Unidos pela Vacina e Mulheres em Movimento mapeiam as áreas que julgam necessitar de ajuda e contam com a parceria do Instituto Brasal. A iniciativa reúne, em todo país, mais de 3 mil pessoas entre empresários, artistas, atletas, cientistas, representantes de entidades setoriais, instituições, associações, comunidade e ONGs, ligadas por um único propósito: tornar viável vacinar todos os brasileiros.

A líder da frente DF do movimento voluntário Unidos pela Vacina, Daniella Hollanda, fala que as ações do projeto são direcionadas com base em mapeamento para reconhecer as necessidades fundamentais de cada região e, assim, apresentar soluções para os problemas identificados. Ela afirma que o item foi elencado como prioridade para a atual situação de saúde do Brasil e do Distrito Federal.

Segundo a presidente do Instituto Brasal e uma das parceiras do projeto, Rita Viana, a entidade sempre esteve ao lado das comunidades buscando ações que impulsionam e desenvolvem os indivíduos.

“Nesse momento atípico que ainda enfrentamos, todo apoio é fundamental. Em cada ação nossa, há a participação de todos nossos colaboradores, que sempre valorizam e contribuem na nossa trajetória de gestão de excelência e humanizada”, relata Rita.

Além da doação dos aparelhos celulares, o Conselho de Regional de Administração do Distrito Federal (CRA) doou à Secretaria de Saúde oito caixas térmicas para o armazenamento e conservação das vacinas, bem como seu transporte aos pontos de vacinação.