Do Mais Brasília

Artistas do DF e Entorno se apresentam na Mostra Sesc de Música

Evento on line traz shows autorais de talentos locais. Transmissões serão realizadas às 20h, pelo YouTube

Para encorajar a produção autoral e as trocas artísticas entre talentos do Distrito Federal, o Sesc-DF promove a 5ª edição da Mostra Sesc de Música até domingo, 30 de maio, sempre às 20h.

O festival on-line será transmitido pelo YouTube e irá contar com apresentações de artistas de diferentes estilos musicais do DF e do Entorno, que foram selecionados entre 130 inscritos por meio da curadoria de analistas de Cultura do Sesc-DF. Todas as atrações vão apresentar músicas autorais. Os artistas receberão um cachê máximo de R$ 2,4 mil.

Os shows foram previamente gravados e têm como palco um símbolo da música na cidade: o Teatro Sesc Garagem (913 Sul) e prometem revelar novos artistas ao público, para além das fronteiras geográficas.

O rapper Israel Paixão. Foto: Divulgação

“A mostra tem um alcance maior, pois extrapola a barreira do presencial. Nesta transposição do formato para o digital, optamos por fazer os shows gravados, com todos os cuidados necessários que o momento exige. Conseguimos trabalhar com inúmeros recursos audiovisuais que ajudam a dar mais movimento, dinâmica e interatividade à mostra. As falas dos artistas e o palco do Garagem, que é uma representação muito forte na cultura da cidade, trazem esse clima intimista à mostra”, explica o analista de Cultura do Sesc-DF, Samuel Araújo.

A plateia virtual poderá curtir rock, chorinho, rap, música instrumental e muito mais. Entre os artistas estão Túlio Borges, o rapper Israel Paixão, a banda Chinelo de Couro, A Engrenagem, Nãnan, Banda Moscolês, Tatu Asú, Pablo Fagundes e Marcus Moraes, Banda Quebraqueixo, Passo Largo, Tiago Tunes Quinteto e Mandrágora.

Setor atingido pela pandemia

O setor de eventos e arte foi diretamente afetado pela pandemia, com teatros, museus e demais espaços culturais fechados. Mas, como o show não pode parar, o setor se adaptou rapidamente para continuar as apresentações, agora, no ambiente virtual. O Sesc-DF manteve a programação cultural ativa com o apoio da internet.

“Esse é um momento muito importante para os nossos artistas locais continuarem encontrarem seu público, mesmo que virtualmente, além de um apoio financeiro. Mais que um evento de importância cultural, estamos promovendo um evento de importância social também”, afirma o coordenador de cultura do Sesc-DF, Alexandre Costa