FolhaPress

Adele diz para Oprah Winfrey que ex-marido salvou sua vida

A cantora falou da ascensão meteórica à fama ainda muito jovem e que poderia ter se perdido

Foto: Instagram/Reprodução

Adele, 33, não tem nada mais que amor e gratidão pelo ex-marido, Simon Konecki, 47. Ela falou abertamente sobre o fim do casamento, em entrevista a Oprah Winfrey, 67, no último domingo (14/11), e que é extremamente grata por seu casamento e o filho Angelo, 9.

“Acho que Simon provavelmente salvou minha vida, para ser honesta com você”, refletiu Adele. “Ele veio num tal momento, onde a estabilidade que ele e o Ângelo me deram, ninguém mais teria sido capaz de me dar”, disse.

A cantora falou da ascensão meteórica à fama ainda muito jovem e que poderia ter se perdido se não tivesse Konecki ao seu lado naquela época. “Eu poderia facilmente ter seguido alguns caminhos duvidosos, sabe?”

Adele afirmou que o ex-marido deu estabilidade durante um momento de incrível agitação. “Ele entrou e ficou estável. A pessoa mais estável que já tive em minha vida até aquele momento. Mesmo agora, eu confio nele com minha vida.” Ela acrescentou ainda que Konecki e o filho são “anjos enviados” para ela.

A artista revelou que, embora ela e o ex-marido sejam pais amáveis, a parte mais difícil do divórcio foi explicar a separação para seu filho, que tinha 6 anos na época. “Então, havia tantas respostas que eu simplesmente não pude dar a ele porque não há nenhuma. Tipo, você sabe, que ele entenderia.”

Adele pediu o divórcio de Konecki em setembro de 2019, meses após a separação. Houve rumores de que ela estaria namorando o rapper britânico Skepta, mas agora está em um relacionamento com o famoso agente esportivo Rich Paul, 39.

“[Rich Paul] é hilário e muito inteligente. Você sabe, ele é muito, muito inteligente. É incrível vê-lo fazer o que faz. E só a facilidade [do relacionamento]. É só que tem sido muito bom. ”

A cantora lança no dia 19 de novembro o novo álbum “30”, após um hiato de seis anos. O primeiro single de “30”, “Easy on me” foi lançado no dia 15 de outubro, que bateu recorde no Spotify como a música mais ouvida em um único dia da história da plataforma de streaming.