FolhaPress

Oprah Winfrey diz ter só três amigos, afirmando não ter expandido seu círculo mais íntimo

Ela chegou contou sobre seus 42 anos de amizade com a também apresentadora Maria Shriver

Foto: Reprodução

A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey, 67, revelou ter apenas três amigos. Ela comentou sobre seu reduzido círculo de amizades em entrevista ao podcast Making Space with Hoda Kotb, que foi ao ar nesta segunda-feira (4/10).

Ela chegou ao assunto contando sobre seus 42 anos de amizade com a também apresentadora Maria Shriver, ex-esposa de Arnold Schwarzenegger. “Eu a conheci no banheiro [enquanto trabalhava na] WJZ-TV no início da manhã”, relembrou Oprah.

Ela ainda afirmou que houve uma “conexão espiritual” desde o momento em que se conheceram. “Eu sempre penso que aquele foi, tipo, um momento divino que aconteceu porque ela era uma das minhas amizades verdadeiras e fundamentadas que me carregou por toda a minha carreira.”

Em seguida, ela disse que além de Shriver, as outras duas pessoas que compõe seu círculo mais próximo de amizades são a jornalista e escritora Gayle King e o personal trainer Bob Greene. “Eu não tenho muitos amigos. Todo mundo conhece a Gayle. Tem a Gayle, tem a Maria, tem o Bob. E é meio que isso”, disse.

“A Gayle e a Maria eu conheci na mesma época, eu e a Gayle somos amiga há 42 anos, eu a Maria também somos amigas há 42 anos. Não expandi esse círculo até muito recentemente. Acabei fazendo amizades com algumas pessoas nos últimos cinco anos”, completou.

Em março deste ano, ela fez uma entrevista com o príncipe Harry, 36, e Meghan Markle, 39. Na época, ela recebeu ao menos US$ 7 milhões (cerca de R$ 40 milhões).

Segundo o jornal The Wall Street Journal, a emissora pagou de US$ 7 milhões a US$ 9 milhões (cerca de R$ 51 mi) à produtora de Winfrey, Harpo Productions, pelo direito de transmissão e comercialização da entrevista. O casal não teria recebido nada.

A entrevista de duas horas foi feita pela produtora e depois vendida à emissora –tendo sido oferecida para outros dois canais. Já a CBS dobrou o valor de seus comerciais para o horário da transmissão, pedindo US$ 325 mil (R$ 1,8 mi) por 30 segundos.

A entrevista, que já era aguardada, ganhou mais força nos últimos dias, com a emissora veiculando trechos provocantes da conversa. Além disso, Meghan Markle entrou em nova polêmica com a realiza britânica nesta semana, já que o Palácio de Buckingham decidiu investigar possível bullying da duquesa a funcionários.