FolhaPress

Bahia se recupera no Brasileiro e vence o Ceará de virada

Mesmo fora de casa, o Tricolor derrotou o Vôzão por 2 a 1 com dois gols de Gilberto

O Bahia derrotou o Ceará por 2 a 1 nesta quinta-feira (17), na Arena Castelão, em Fortaleza, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols, Gilberto foi o responsável pela virada do time tricolor depois de Saulo Mineiro abrir o placar para os donos da casa.

O placar foi uma reprise da final da Copa do Nordeste ocorrida há pouco mais de um mês na mesma Arena Castelão. Na ocasião, o Bahia fez 2 a 1, com gols de Rodriguinho e Gilberto, antes de se sagrar campeão na disputa por pênaltis.

Esta foi a segunda vitória do Bahia na competição. Depois de estrear com um arrasador 3 a 0 sobre o Santos, a equipe de Dado Cavalcanti empatou com o Red Bull Bragantino e perdeu em casa para o Internacional. Com isso, chegou aos sete pontos e fica na parte de cima da tabela de classificação.

Já o Ceará completa três partidas sem vitória e segue com quatro pontos, consolidando um momento ruim na temporada. O clube alvinegro venceu o Grêmio na estreia, mas depois só somou um ponto contra a Chapecoense, fora de casa.

Na próxima rodada, o Ceará jogará fora de casa para tentar a reabilitação. A equipe de Guto Ferreira encara o Internacional no domingo (20), às 16h, no Beira-Rio. No mesmo dia e horário, o Bahia recebe o Corinthians no estádio Pituaçu.

CEARÁ
Vinícius; Gabriel Dias (Charles), Klaus, Messias e Bruno Pacheco; Oliveira (Marlon), Fernando Sobral e Jorginho (Vina), Lima; Mendoza (Hélio) e Saulo Mineiro. T.: Guto Ferreira

BAHIA
Matheus Teixeira; Renan Guedes, Luiz Otávio, Juninho e Matheus Bahia; Jonas (Patrick de Lucca), Daniel (Edson) e Thaciano (Lucas Araújo); Rossi (Oscar Ruiz), Gilberto (Maycon Douglas) e Thonny Anderson. T.: Dado Cavalcanti

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes (RO)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
Cartões amarelos: Mendoza, Jorginho e Bruno Pacheco (CEA); Jonas, Edson, Maycon Douglas e Thonny Anderson (BAH)
Gols: Saulo Mineiro (CEA), aos 16′, e Gilberto (BAH), aos 31′ e aos 34’/1ºT