FolhaPress

Bruna Costa avança às semifinais no tênis de mesa e assegura medalha

Nesta sexta, ela venceu o seu segundo jogo no Grupo B, garantiu o primeiro lugar da chave

Bruna Costa
Foto: Fabio Chey/CPB

A atleta Bruna Costa vai subir ao pódio na disputa da classe 10 (para atletas andantes que possuem poucas restrições locomotoras) do tênis de mesa nas Paralimpíadas de Tóquio. Nesta sexta-feira, ela venceu o seu segundo jogo no Grupo B, garantiu o primeiro lugar da chave e avançou direto às semifinais. Assim, deixará o Japão ao menos com a medalha de bronze, pois nesta edição do evento não haverá disputa do terceiro lugar na modalidade.

Diante de Tzu Yu Lin, de Taiwan, Bruna Costa triunfou com o placar de 3 sets a 0. Mesmo com alguma dificuldade, ela fechou os três games com as parciais de 11/8 no primeiro, 11/8 no segundo e 11/7 no terceiro. É sua segunda vitória nas Paralimpíadas, pois bateu a australiana Melissa Tapper, também por 3 a 0, na estreia.

Será, assim, a terceira medalha paralímpica da carreira de Bruna Costa. Ela, afinal, foi bronze no individual e por duplas nos Jogos do Rio, em 2016. Mas agora, evidentemente, tentará superar o desempenho apresentado em casa.

Para isso, nas semifinais, buscará bater a vencedora do confronto entre a turca Merve Demir e a taiwanesa Tien Shiau-Wen. Esse seu compromisso está agendado para domingo, a partir de 1h40 (no horário de Brasília).

Por sua vez, o brasileiro Paulo Sérgio Salmin Filho foi eliminado pelo alemão Bjoern Schnake nas oitavas de final da classe 7 (para atletas andantes) do tênis de mesa nas Paralimpíadas de Tóquio. Para isso, foi derrotado por 3 sets a 0. Assim, está desclassificado e não avança na briga por medalhas no Japão.

Na fase de grupos, o atleta perdeu para o chinês Shuo Yan por 3 a 0, e ganhou do croata Pavao Jozic por 3 a 2 em uma partida emocionante. A fase das oitavas de final foi uma espécie de repescagem, com apenas dois confrontos. E com a derrota, ele não se junta ao brasileiro Israel Stroh nas quartas de final.

No primeiro set, Paulo fez uma partida bem equilibrada, mas, o alemão ganhou a parcial por 12/10. O atleta não conseguiu manter o nível da performance no segundo game, e cedeu uma vitória com grande vantagem, por 11/3. No terceiro set, ele lutou para tentar levar a partida para o quarto set, porém, não deu para o brasileiro. Bjoern venceu a última parcial por 11/9, finalizando a partida em 3 a 0.

Millena França dos Santos entrou em ação nesta sexta-feira em Tóquio pelo Grupo C, na classe 7 (para atletas andantes), e foi derrotada por 3 sets a 0 pela sul-coreana Seongok Kim. A adversária teve facilidade durante os três games, finalizando o jogo com as parciais de 11/4, no primeiro, 11/1, no segundo, e 11/3, no terceiro. Sem conseguir resistir ao alto nível da asiática, a brasileira acumula mais uma derrota, pois antes havia perdido para a chinesa Rui Wang por 3 a 0.