FolhaPress

Luis Díaz faz dois golaços contra o Peru e leva a Colômbia ao terceiro lugar da Copa América

Ele terminou a competição com quatro gols, empatado, ao menos até aqui, com o argentino Lionel Messi na artilharia do campeonato

Foto: Reprodução/Twitter Copa América

Paulo Saldaña

A Copa América de 2021 conheceu na noite desta sexta-feira (9) a primeira seleção a compor o pódio da competição, ainda que no lugar mais baixo dele. A Colômbia bateu o Peru, de virada, por 3 a 2, e garantiu o terceiro lugar da 47ª edição do torneio continental.

O grande destaque da partida foi o atacante colombiano Luis Díaz, autor de dois belos gols. Ele terminou a competição com quatro gols, empatado, ao menos até aqui, com o argentino Lionel Messi na artilharia do campeonato.

As duas seleções tiveram suas ambições de título frustradas nas semifinais. O Peru foi superado pelo Brasil, na segunda-feira (5), e a Colômbia perdeu nos pênaltis para a Argentina, na terça-feira (6).

No estádio Mané Garrincha, em Brasília, ambos se esforçaram para apagar a marca de prêmio de consolação da disputa de terceiro lugar. O jogo foi acirrado, com bons lances de perigo, belos gols e virada nos acréscimos do segundo tempo.

O esquema recuado montado pelo técnico Ricardo Gareca se mostrou eficiente para o Peru no começo do jogo. Depois de duas boas chances perdidas por Lapadula e Peña, Yotún aproveitou ótimo contra-ataque para abrir o placar, aos 44 minutos.

O bonito lance do gol começou ainda no campo de defesa. Após chapéu de Peña em Cuellar, o meio-campo fez longo cruzamento para Cueva, que achou Yotún livre. O jogador do Cruz Azul (MEX), e ex-Vasco, marcou com categoria.

A entrada de Chará no lugar de Cardona no segundo tempo surtiu efeito para os colombianos. O empate saiu aos 3 minutos, em cobrança de falta de Cuadrado –apesar do chute ruim, a bola passou no meio da barreira e não deu chance para o goleiro Gallese.

A partida ganhou mais dinâmica e a Colômbia manteve pressão. Aos 6 minutos, Díaz deu um belo voleio do meio da área e o arqueiro peruano salvou. O Peru correu atrás e, aos 12, o atacante Lapadula chutou uma bola na trave em contra-ataque com velocidade.

A primeira virada veio aos 20 minutos da segunda etapa. A jogada também começou lá atrás, dos pés do goleiro Vargas. O longo cruzamento encontrou Díaz já perto da área. Com uma ajeitada de ombro na bola, venceu o zagueiro na corrida e bateu na saída do goleiro para marcar um golaço.

O Peru correu atrás e empatou aos 30 minutos. Lapadula fez de cabeça após cobrança de escanteio.
Mas, nos acréscimos, aos 48, Díaz fez um bom lance e, de fora da área, fez um golaço em um chute longe do alcance do goleiro. A comemoração do time colombiano ecoou no Mané Garrincha vazio.

Colômbia e Peru faziam parte do mesmo grupo na primeira fase e já haviam se enfrentado na competição. Os peruanos venceram por 2 a 1, em Goiânia.

Brasil e Argentina fazem a final neste sábado (10), no estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. A polêmica competição sediada no Brasil, organizada às pressas em meio a altos níveis de transmissão de Covid-19 e inicialmente rejeitada por jogadores e comissão técnica, reeditará a mesma final de 14 anos atrás –em 2007, deu Brasil.

Essa foi a quinta vez que a Colômbia encerra uma Copa América na terceira colocação –a última foi em 2016. A seleção só foi campeã uma vez, em 2001.