FolhaPress

Vasco vence Boavista e sai na frente na Copa do Brasil

Cruzmaltino terá a vantagem do empate no jogo em São Januário, na semana que vem

O Vasco venceu o Boavista por 1 a 0 nesta terça-feira (1º), em Bacaxá, no Rio de Janeiro, e, assim, largou na frente no duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. A partida de volta ocorrerá na quarta-feira da próxima semana (9).

Assim como já havia acontecido na recente derrota por 2 a 0 para o Operário-PR na Série B, o Vasco iniciou a partida desatento e poderia ter sofrido gols. Romulo, por duas vezes, deu passe errado e entregou a bola para o Boavista, que não soube aproveitar.

Embora tivesse mais volume de jogo, o Vasco não conseguiu oferecer muito perigo ao Boavista, até que aos 44 minutos do primeiro tempo, Morato deu uma bela ajeitada para Sarrafiore na entrada da área. O argentino foi esperto e, de primeira e com categoria, chutou: a bola desviou na zaga e morreu no fundo da rede.

Com o resultado, o time cruzmaltino terá a vantagem de atuar pelo empate em São Januário para se classificar às oitavas de final. Não há o critério do gol qualificado fora de casa na competição. Portanto, caso o Boavista devolva o placar da ida, a decisão irá para os pênaltis.

Agora o Vasco vira a chave para a Série B e encara a Ponte Preta em Campinas no sábado (5). Já o Boavista estreará na Série D, no domingo (6), recebendo o São Bento (SP) em Bacaxá.

BOAVISTA
Ary; Wisney (Caio Felipe), Douglas Pedroso, Victor Pereira e Jean Victor; Jefferson Renan (Gustavo Geladeira), Lucas Lourenço, Michael Douglas e Ralph; Ryan (Marion) e Marquinhos. T.: Leandrão

VASCO
Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca (Riquelme); Andrey (Bruno Gomes), Romulo e Sarrafiore (Léo Jabá); Morato (Figueiredo), Gabriel Pec e Germán Cano. T.: Marcelo Cabo

Estádio: Elcyr Resende, em Bacaxá (RJ)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Cartões amarelos: Lucas Lourenço e Ralph (BOA); Andrey e Germán Cano (VAS)
Cartão vermelho: Lucas Lourenço (BOA), aos 36’/2ºT
Gols: Sarrafiore (VAS), aos 44’/1ºT