FolhaPress

Gabby Petito: Tribunal emite mandado de prisão contra noivo da influenciadora

Corpo da influenciadora foi encontrado pela polícia no domingo (19)

Gabby Petito ao lado do noivo
Foto: Reprodução/Redes sociais

O Tribunal de Justiça de Wyoming emitiu um mandado de prisão contra Brian Laundrie, noivo da influencidora Gabby Petito, 22, cujo corpo foi encontrado pela polícia no domingo (19). Ela estava desaparecida desde o dia 11 de setembro.

Segundo o Fox News, o mandado parte de uma constatação de que Laundrie cometeu fraude com cartão de débito de sua ex-noiva entre 30 de agosto e o primeiro dia de setembro de 2021.

Ele tem sido procurado desde então, mas a polícia não sabe se ele está vivo ou morto. Até agora, não foi imputado a ele o crime de homicídio, embora isso não seja descartado, mas já há uma razão para que ele seja preso.

“Embora este mandado permita que a polícia prenda Laundrie, o FBI e nossos parceiros em todo o país continuam investigando os fatos e as circunstâncias do homicídio de Gabby Petito”, disse o agente especial encarregado do FBI Denver, Michael Schneider, em um comunicado na quinta-feira (23).

“Pedimos aos indivíduos com conhecimento do papel de Laundrie neste assunto ou de seu paradeiro atual que entrem em contato com o FBI.”

À publicação, Steve Bertolino, o advogado de Laundrie, disse que entende que o mandado de prisão contra Brian Laundrie esteja relacionado “às atividades ocorridas após a morte de Gabby Petito e não à sua morte real”.

“O FBI está se concentrando em localizar Brian e, quando isso ocorrer, os detalhes das acusações cobertas pela acusação serão tratados no fórum apropriado”, reforçou o advogado.

RELEMBRE O CASO

Ainda não está claro o que aconteceu quando Petito e, mais tarde, Laundrie desapareceram, mas alguns detalhes das semanas anteriores vieram à tona.

Em 12 de agosto, a polícia da cidade de Moab, no sul de Utah, foi chamada para atender um possível incidente de violência doméstica envolvendo o casal.

As imagens de um vídeo gravado com uma bodycam (câmera acoplada ao uniforme do policial) mostram Petito chorando e reclamando de sua saúde mental para o agente de segurança. Ela também disse que o casal estava discutindo com mais frequência.

Um relatório policial sobre o incidente afirma que Laundrie alegou que Petito o agrediu após uma discussão.

Os policiais recomendaram que os dois passassem a noite separados, mas não prestaram queixa. Ainda não se sabe o que aconteceu na sequência.

Em 19 de agosto, um vídeo foi postado em um canal do YouTube registrado com o email de Petito. O vídeo mostrava o casal sorrindo, se beijando e correndo em praias. Já foi visto mais de 3,2 milhões de vezes.

As atualizações regulares de rede social do casal no Instagram terminaram abruptamente no fim de agosto. Petito fez uma chamada de vídeo com a mãe no dia 24 de agosto para avisar que estava saindo de Utah e indo para a Cordilheira Teton, em Wyoming, de acordo com Rick Stafford, advogado de Petito.

A mãe de Petito, Nicole Schmidt, contou à CBS de Nova York que costumava falar com a filha três vezes por semana durante a viagem.

Em 25 de agosto, Petito postou pela última vez no Instagram, com a legenda “Happy Halloween”. A galeria de fotos não incluía nenhuma informação de localização.